quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Refletindo com os botões


Quando começei a escrever não imaginava os benefícios dessa terapia.Escrever tem sido uma forma de canalizar as energias contidas, retidas e armazenadas dentro de mim.Noto em mim uma certa serenidade que não havia em outros tempos.Percebo o quanto era nocivo para mim não extravazar os pensamentos e as imagens contidas em meu arquivo cerebral .

Descubro que ordenar os pensamentos e deletar algumas imagens gravadas no subconciente se faz mais que necessário para uma boa saúde mental.Deletar aquilo que não serve mais e criar novas imagens não é uma tarefa fácil.Necessitamos de instrumentos para tal...

O meu mais precioso instrumento tem sido o prazer de escrever e não deixar nenhum pensamento,nenhuma reflexão perdida no meu tempo cerebral.

O ser humano é um ser racional que pensa, sente e tem em si uma necessidade nata de se expressar e se fazer compreender,mas nem sempre aquilo que tentamos expressar verbalmente é compreendido por nosssos interlocutores de forma satisfatatória, o que acaba por causar certas lacunas nas comunicações e uma sensação de frustração.Algumas vezes tenho a impressão de que faço grandissimos monólogos mentais.Existe isso?

Quando o nosso mundo interno é muito mais rico do que aquilo que nos cerca é imprescindível extravazar tais energias de alguma forma.Eu escrevo...

2 comentários:

Minelinha... disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, pensei que era soh eu que fazia monologo mental!!! Boa essa ideia, vou roubar o tema para um artigo!!!!! Eu falo sozinha mentalmente da quando eu estava no berço!kkkkkkkkk, bacio amica, rimani con Dio!!!

##Éric@## disse...

nunca tinha pensado que escrever realmente pode ser algo muito bom para nós, quem sabe assim fica ate mais facil de tirar imagens negativas d enossa mente né