sábado, 21 de janeiro de 2017

Efeito viajante?


Quase tudo pronto para a minha viagem . Estava pesquisando o trajeto que tenho que fazer da cidade onde estou para o aeroporto de Narita , mas sabe se lá por qual motivo eu nunca me lembro o trajeto que fiz. Também não me lembro mais por quantas vezes fui ao aeroporto . Perdi as contas e perdi a memória.
Da última vez que retornei ao Japão , hà um ano e dois meses atrás, eu me recordo que cheguei em Narita à noite e passei uma noite em um hotel. No dia seguinte logo pela manhã me recordo de ter voltado ao aeroporto com o micro-onibus do Hotel . As imagens que me vem a memória são nitidas até o momento que entrei no micro-ônibus , que aliás, estava lotado. Depois já não me lembro mais de nada. Suponho que eu tenha comprado todas as passagens de trem e shinkansen no proprio aeroporto , ter descido em Tokio e ter me transferido para um shinkansen com destino a Shizuoka . 

Também não lembro mais de onde eu parti para o aeroporto nos ultimos 10 anos. Foram inúmeras vezes de inúmeros locais . Não me lembro mais em quantos apartamentos eu residi aqui no Japão, e em quais anos. Pelas minhas contas foram umas 8 vezes ou 10 vezes que fui ao aeroporto por motivo de viagem e  2 vezes para buscar alguém . Em todas as vezes eu fazia trajetos diferentes , ou ia de carro, ou de onibus executivo, ou de trem . Na maioria das vezes para Narita , em algumas ocasiões para Haneda e uma unica vez pelo aeroporto de Shizuoka. 

Tanta confusão e falta de memória eu atribuo ao fato de partir de localidades diferentes, ou seja, a cada ano eu estava residindo em um local diferente, porisso, a minha memoria não consegue encontrar um ponto de referência. Desta vez parto novamente para o aeroporto de Narita de uma outra localidade um pouco mais distante de Shizuoka-shi que sempre foi a minha unica referência. 

Também atribuo  a culpa de tanta confusão mental pela dificuldade em entender os kanjis japoneses. Em São Paulo  eu me deslocava de um local ao outro lendo todas as placas de ruas , ou guardava algum ponto de referência como um predio ou uma loja , um shopping center. O problema no Japão é que quase todas as cidades são iguais . As mesmas lojas, os mesmos tipos de construções, as mesmas lojas de conveniência   espalhadas por todas as quadras , os mesmos restaurantes. Fica dificil encontrar um ponto de referência que se destaque se tudo é padronizado. Nem os funcionários das lojas , das estações de trens , ou dos aeroportos podem servir como referência. Tudo igual!

Para me prevenir da minha confusão mental todas as vezes que tenho que partir para o aeroporto pretendo comprar com antecedencia os bilhetes dos trens e me informar antecipadamente quais as plataformas de embarque. Já errei a plataforma uma vez e perdi o shinkansen. Também já peguei o shinkansen no sentido contrario quando estava em Osaka. Ufa!

O problema maior será na volta. Com certeza estarei cansadissima da viagem , com duas conexões , ainda no efeito jet-lag e tendo que voltar para uma outra localidade que não é Shizuoka-shi. É bem provável que eu me engane e compre bilhetes para Shizuoka- shi. A minha única referência no Japão. Ufa! Esperemos que não!



2 comentários:

Irene Deroldo disse...

Menina como você viaja, que bom....
seus posts são sensacionais me fascinam tremendamente, e eu vou levando minha vida aqui em uma cidade pacata de pouso alegre MG, e minha vênus em oposição a júpiter continua a gritar no meu viver, ainda não sei bem como doma-la, cada site que eu leio falam de uma maneira diferente, me diga como você descreveria vênus em oposição a júpiter? obrigada mil beijos te adoro mesmo sem nunca ter te visto.

Viajante disse...

Ola Irene,
Obrigada !
Eu ja escrevi um post sobre Venus em oposição a Jupiter aqui no Blog. Na realidade vc nao tem q se preocupar tanto porque a influência nem é tão nefasta assim. Acredito que para vc que é ainda muito jovem a maturidade vai acabar te esclarecendo muitas coisas. O melhor a fazer é consultar um bom astrologo para que ele possa analisar o seu mapa como um todo. Não é apenas um aspecto que vai conduzir a sua vida. Alias, eles nos conduzem e nós administramos .
Beijos e sorte!