quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

sensibilidade e inteligência




Para mim a sensibilidade das pessoas sempre esteve ligada a sua própria inteligência.Quanto mais se usa o cérebro,quanto mais se pensa e mais se observa o universo que nos cerca,mais sensíveis e capacitados nos tornamos por entender este mundo.Entendemos tanto que às vezes chegamos ao ponto de querer abandona-lo por definitivo e buscar um outro modo de vida alternativo aonde se possa conviver com iguais.Infelizmente aqueles "iguais" são pouquissimos...


Queria ser uma "bruxa" e ter o poder de deletar a mente das pessoas e renova-las.Mais sensíveis ,espiritualizadas e mais humanas .


A cada dia que passa vou me desligando daqueles que já não acrescentam mais nada na minha "busca".Restarão alguns poucos que ainda acrescentam...


Dentro de pouco tempo regressarei ao meu planeta ,e sentirei saudades de haver estado neste planeta.Tem dias que eu me sinto um verdadeiro E.T.

E.T phone home...the return...

Um comentário:

Alberto Magalhães disse...

Este texto só tem importância para sentí-lo, divagando-se nos meandros do nosso próprio espírito.Não sei falar sobre ele, apenas que me fez viajar por dentro da minha vida transbordante do meu ser.
Abraço,
Alberto.