segunda-feira, 7 de julho de 2008

As vantagens de viver só


Nestes últimos mêses tenho notado em mim uma enorrrrme necessidade de ficar a sós comigo mesma.Não que eu não goste de sair e vêr gente diferente,ir a piscina,a praia,fazer uma churrascada com amigos,namorar,uma reunião íntima em casa,ou passear no shopping e jantar em algum restaurante diferente.Adoro fazer estas coisas,mas....sei lá!Ando meio sem saco de ficar conversando sobre banalidades com as pessoas e gastando a minha saliva à tôa.Na maioria das vezes eu fico só observando ...
E eu lá quero saber se a vizinha do apartamento ao lado tá de amante novo?Ou se a colega de trabalho que é casada tá de caso com um cara mais novo?
E aquelas conversas de dietas?Sempre tem uma doida fazendo dieta da lua,da sopa de grãos,dos shakes, da sola de sapato,do chupa-prego.E por aí vai.
Insuportáveis são aquelas conversas dos garotinhos de mais de 30 anos que ficam falando sobre carros e de como impressionar as mulheres com um carro vistoso.Me poupem!!!
E as conversas das mal-amadas?Aquelas que não se amam por nada e ainda querem que alguém as ame.Como?
E as conversas desconexas em outras línguas?Você acha que o seu interlocutor tá entendendo tudo o que você está falando,mas ele está entendendo tudo errado,e quando você tenta consertar a conversa,fica duas vezes pior.
Sinceramente,às vezes dou graças a Deus de viver sozinha no meu canto da paz.Me desligo das banalidades do mundo e me refaço.
È verdade que quando vivemos sozinhos acabamos ficando um pouco anti-sociais e sem paciência pra ficar falando...falando...e falando pelos cotovelos,mas também perdemos um pouco a capacidade de ficar escutando...escutando... e escutando abobrinhas .
Sinceramente eu admiro as pessoas que conseguem conviver debaixo do mesmo teto com mais uma meia dúzia de pessoas.Naquela confusão de gente.Um que acorda às 6 da manhã,outro que chega às 3 da madrugada,outro que rônca no quarto ao lado,outro que vêm pra casa com um bando de amigos.E os parentes?Cruiz Credo!
Nada como poder estar na paz e tranquilidade do nosso lar.

Vozes?Só o canto dos passarinhos pela manhã.
Problemas?Só os nossos,o resto fica da porta pra fóra.
O cardápio pro jantar?Tudo o que a gente quiser sem ter que perguntar a ninguém se está bom.
O ar condicionado?Na temperatura que a gente quiser.
Os programas de TV ?O contrôle remoto é de domínio próprio.
O computador?Esse sim é uma maravilha.É todo seu.
O telefone?Atende se quiser,depois de ouvir a secretária eletrônica.
A casa?Ordem total,ou desordem total.A gente é quem determina.
Mal humor?Só o da gente mesmo.E basta.
Visitas?Serão todas bem-vindas.Se a gente quiser,e quando a gente quiser.
Assim como tudo na vida,existem os seus prós e contras de se viver sozinho.Mas eu sinceramente penso que existem mais prós...:-)
Lar dôce lar...

Nenhum comentário: