domingo, 25 de novembro de 2012

Falar mal dos outros é relaxante

Outro dia uma amiga minha me disse que estava precisando falar mal do Brasil , e escrever em seu Blog, assim comon ela fazia quando morava na Inglaterra e falava mal dos filhotes de Mister Bean.
Eu estou engasgada hà tempos e precisando falar mal de alguns "homens". Não quero estar generalizando , pois existem homens muito sensíveis ainda neste planeta, fora os gays.
A falta de sensibilidade de alguns e o excesso de sensibilidade de outros tem sido um pé no saco nos meus ultimos relacionamentos. Será que não existe um homem bem resolvido e equilibrado sem traumas de relacionamentos e que queira viver o lado belo da vida sem ficar a toda hora lembrando o quanto foi infeliz no seu ultimo relacionamento?
Pois é, os homens maduros andam assim, cheios de traumas. Eles escondem bem , mas anda dificil encontrar um homem maduro bem resolvido e sensato.
Sempre pensei que são com os erros do passado que aprendemos a lidar com as nossas maiores dificuldades nos relacionamentos e assim nos prepararmos para viver um novo relacionamento mais cheio de cumplicidade e sem traumas. Ledo engano.
Quem não foi feliz em um matrimônio sempre está com um pé atras, cheio de exigências que nem faziam parte de sua vida matrimonial passada. Mas se a coisa não funcionou antes com tanta exigência , será que vai funcionar exigindo mais? Saber escolher o parceiro ideal é uma coisa, outra é exigir que ele seja o seu ideal, ou pior ainda, criar uma imagem ideal fantasiosa  simplesmente por não quererem enxergar a pessoa como ela é.
Quando eu conheço alguém e logo de cara ele me diz que já perdeu os seu sonhos de uma relação perfeita , eu dou ré e vou saindo de fininho. Dá muito trabalho tentar convencer um homem com uma certa idade a pensar diferente. É claro que relacionamentos perfeitos não existem, assim como pessoas perfeitas também não existem, mas perder a esperança de um dia cruzar com alguém imperfeitamente especial que pode vir a  ser a pessoa ideal para o momento que se está vivendo é jogar a "vida" pela janela. Quem não corre riscos nos relacionamentos não conseguirá nunca viver a vida a pleno.
É claro que falar é facil, se jogar de cabeça em uma relação e esperar tudo de bom e tudo de ruim também (faz parte), é uma questão de escolha. Viver a vida a pleno tem dessas coisas, ou se vive ou não se vive.
Pior ainda são os homens maduros , ainda casados e mal resolvidos que reclamam da relação , mas também não fazem nada para melhorar. Nem tomam uma atitude corajosa e se separam. Estes talvez sejam os piores porque buscam fora da relação algo que os preencha, mas não encontram nem dentro e nem fora de casa. Estes tipos são os plantadores de chifres que insatisfeito com a própria condição plantam chifres em testas alheias sem nenhum remorso e ainda por cima se sentem vitimas das circunstâncias. Normalmente este tipo de homem não tem respeito nem pela mae como mulher. Imagina se fosse o contrário, se fosse uma mulher casada ,mae de familia fazendo esta busca louca por um amor verdadeiro e plantando chifres na cabeça de quem quer que seja. Imperdoável não? Seria considerada uma vagabunda  e ninguém em sã consciencia se relacionaria com uma mulher assim para um compromisso sério. Se foi capaz de trair o pai de seus filhos é bem capaz de trair a outros também. Trair a confiança alheia é algo imperdoável.
E aqueles velhinhos que se acham? Estes são insuportáveis. Além de velhos, enrugados e barrigudos ainda exigem que você tenha uma bela pele, um belo par de coxas e implantes de silicones. Se possuem tantas exigências no aspecto fisico da parceira , então é melhor merecer e cuidar do proprio aspecto físico e diminuir pelo menos a barriga e tirar os pés de galinha com um pouco de botox.
Está difícil encontrar alguém bem resolvido em idade madura. Eu optei por buscar relacionamentos com homens mais maduros por achar que eles eram muito mais bem resolvidos , mas muito pelo contrário , aquilo que encontrei foram apenas homens em idade adulta com atitudes infantis nos relacionamentos.
Dizem que nós somos totalmente responsáveis por aquilo que atraímos. Eu assumo a minha culpa. Nem podia imaginar que os homens maduros estavam assim tão carentes e mal resolvidos. Pensava que isso fosse coisa de mulher em crise .]
Em fim, existem tantos homens mal resolvidos neste mundo quanto mulheres mal resolvidas, a diferença é que eles , os homens, disfarçam muito bem.

Um comentário:

Julio Cezar D Ramos disse...

bah..continua procurando, mas não seja tão radical!!