terça-feira, 27 de novembro de 2012

Gosto não se discute


Todo mundo que me conhece bem , sabe que eu tenho uma certa queda por europeus. Nada contra os brasileiros , os mexicanos, os peruanos, estadunidenses, japoneses , nepaleses , argentinos , coreanos e todas as outras raças. É questão de gosto. Gosto, time de futebol e religião não se discute.
Não é nem questão de ser preconceituosa com as outras raças. Eu simplesmente gosto do tipo europeu tanto fisicamente como a mentalidade. Não que eles sejam melhores ou piores. São cheios de preconceitos , e se acham os donos do primeiro mundo.  Ta aí oque eu gosto neles. Eles se acham.
O homem italiano por exemplo, pode ser um pobretão, mas ele se acha. Pode estar com a conta bancária no vermelho mas nunca deixa de fazer loucuras só para agradar a uma nova conquista. Os alemães e os suiços são bem frios. E como são. Deve ser influencia do clima frio da região, mas são extremamente corretos e pontuais. Tudo para eles tem hora marcada. Principalmente o suiço. Ta aí a explicação pelo amor que eles tem aos seus relógios suiços.
Ainda falta eu conhecer outras raças européias, mas sem dúvida alguma a mais fascinante é a italiana. Mas vamos separar a Itália do Norte da Itália do Sul. São dois polos  opostos. Os italianos do norte são mais frios , mais bonitos, mais bem sucedidos e mammones (filhinho da mamae) , os do sul são mais calientes, menos bonitos , menos bem sucedidos e mammones também.
O homem europeu, apesar da sua mania de grandeza e do seu machismo ainda não deixou de ser um gentleman , e isto é outro fator a favor deles. No Brasil é dificil encontrar um gentleman no meio do povão. Na Itália eles estão por todos os lados. Tá certo que eles fazem só tipo, mas eu gosto mesmo assim.
O homem europeu ainda segue aquela velha cartilha da conquista. Cortejar uma mulher , é assim que eles dizem. E cortejam com todas as pompas. No Brasil não existe mais isso. Creio que o "ficar" andou atropelando os bons modos e a cortezia dos primeiros dias . Assim não tem graça.
Mulher gosta de ser cortejada sim. É coisa antiga, mas que é muito agradável para quem recebe.
Eles os europeus são muito respeitosos no primeiro encontro. Também gosto disso. Nada de forçar a barra . Eles sempre esperam que você dê o Ok primeiro. Educadissimos.
Quando eu chatava com mais de 300 pessoas pelo Skype, (hoje reduzi a uns 19), percebi nitidamente a diferença entre os brasileiros, estadunidenses ,espanhois ,portugueses e italianos. Os brasileiros só queriam falar de sexo e fazer sexo virtual, mais nada. E quando eu dizia que morava no Japão logo desistiam de mim, os americanos (estadunidenses), estes eram bem loucos mesmo. Alguns abriam a web cam já nús, outros queriam uma namorada brasileira para uma temporada ao norte do Brasil, outros queriam encontrar uma esposa e estavam dispostos até a mandar a passagem logo de cara. Os únicos que me pareceram normais e extremamente educados foram os italianos. Apesar da forma invasiva de se expressar, nenhum deles abriu a web cam mostrando logo de cara os seus dotes. Claro que tem alguns safadinhos que estao na net só para isso, mas a grande maioria era de homens maduros e muito reservados. Gostei.
Um ponto a favor dos europeus. Eles sabem se comportar e conversar normalmente em chat. Ao contrário dos brasileiros que logo desistiam de mim por causa da distância, eles os europeus não se intimidam. Pegam o primeiro avião para vir te conhecer, ou te mandam a passagem. Melhor ainda são os programas que eles te oferecem para fazer na Europa. Jantares e mais jantares regados a vinho e passeios e mais passeios por outros países europeus. Sem falar nos regalinos, ou presentinhos que eles costumam comprar só para te agradecer por estar com ele. Assim qualquer uma se apaixona não?
Eu adoro a raça, com todos os seus defeitos . Eles tem algo que a maioria dos homens já perdeu a muito tempo: Cortezia e romantismo.  Outro ponto fascinante é que eles apreciam muito a arte culinária. Quase todos cozinham muito bem e são grandes apreciadores de bons vinhos.
Claro que isto só vale para os primeiros meses de encanto, depois todo europeu vira sapo. Neste ponto eles são todos iguais. Homens...uffff
Mas ainda restam os passeios para outros países europeus. Menos mal. Eles adoram viajar  e conhecer outras culturas distintas.
O meu gosto pelos homens europeus não é uma fantasia de quem sonha em um dia viver na Europa, é real, é gosto. Creio que nesta vida sempre buscamos aquilo que nos completa, e de todos os relacionamentos que eu tive na vida, realmente os europeus foram os que mais me completaram como um todo, com todos os seus defeitos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Concordo plenamente com você. Os homens do Brasil são extremamente vulgares e tratam as mulheres como lixo. Principalmente aqueles que estão um pouco melhor de vida (um pouco, não precisa ser muito não)...

Anônimo disse...

Eu tbm gosto de homens europeus. ��❤